Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da poesia LMC

Poemas e orações de cariz missionário dos Leigos Missionários Combonianos

Cantinho da poesia LMC

Poemas e orações de cariz missionário dos Leigos Missionários Combonianos

Vai meu irmão, minha irmã!

Vai meu irmão, minha irmã! Lá, em tua nova Missão, em tua nova terra, em tua nova pátria, anunciarás Jesus Cristo e o Seu Evangelho, servirás os pobres, os excluídos do banquete da vida, lavando-lhes os pés. Falarás com quem nunca andou ou não anda mais connosco. Tu te apaixonarás com muito carinho de um povo com cultura e tradições diferentes. Chegando lá, estranharás, sem dúvida, os costumes e usos locais. Mas não imporás as tuas ideias! Não apresentarás o país que te viu nascer como paraíso! Não dirás nunca que no lugar onde te criaste, as coisas são bem melhores! Não darás nunca a impressão de que vieste para ensinar, para civilizar, para instruir, para colonizar! Jamais violentarás a alma do povo que, doravante, será o teu povo! Oferecerás simplesmente o testemunho de tua fé, de tua esperança e de teu amor, e darás a tua vida até o fim, até as últimas consequências! Assim, tu terás o privilégio e a felicidade de viver a graça de todas as graças! Encontrarás o Senhor que disse: Depois que eu ressuscitar, irei à vossa frente para a Galiléia (Mc 14, 28). Missão é sempre ir à Galileia de todos os continentes.


Dom Erwin Kräutler (Bispo prelado do Xingu – Brasil)

Missão é Partir

 

Missão é partir, caminhar, deixar tudo, sair de si, quebrar a crosta do egoísmo que nos fecha no nosso Eu.
É parar de dar volta ao redor de nós mesmos como se fossemos o centro do mundo e da vida.
É não se deixar bloquear nos problemas do pequeno mundo a que pertencemos:
A humanidade é maior.
Missão é sempre partir, mas não devorar quilómetros.
É sobretudo abrir-se aos outros como irmãos, descobri-los e encontrá-los.
E, se para descobri-los e amá-los, é preciso atravessar os mares e voar lá nos céus, então missão é partir até os confins do mundo.

Dom Helder Camara

A Vida

A vida, um grande Dom de Deus!
Um Dom confiado a mim…
O projecto mais nobre e belo,
Que não existe outro assim!
Vida, como descrever a vida?
Encanto profundo! Flor bela!
Foi-me dada com carinho.
Que tenho eu feito dela?
A vida é mais bonita
Quando se tem um ideal!
É preciso fazer o bem,
Pois não basta evitar o mal!
A vida é para se dar,
(Jesus Cristo também a deu…)
Que estou a fazer da vida?
A quem me estou a dar eu?!
Dar algo é muito bom;
Dar-se a si mesmo é melhor!
Quem se dá está servindo,
E quem serve é o maior!
A vida é um sorriso
Que deve contagiar,
Contagiar toda a gente!
Só vive quem sabe amar!
A vida é delicadeza…
Ternura do coração…
Vida, abertura aos outros,
Numa contínua atenção!
A vida, linda aventura!
Pois quem a sabe viver,
Continua sempre vivo
Mesmo depois de morrer!
Se eu fosse um poeta,
No meu poema escrevia:
Não deixes que a tua vida
Seja uma vida vazia!...

 

 

Rosa Leitão